Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

Há quase sete meses que comecei a correr. Ainda hoje não acho estranho, nada podia estar mais longe das minhas intenções. Os únicos desportos de que gosto são andar de bicicleta (como passeio ou, às vezes, como transporte para o trabalho) e nadar. Mesmo assim, nunca os pratiquei com a regularidade que devia.

Isto de correr começou de forma bem discreta, deve ser por isso que chegou a este resultado. Precisei de começar a fazer umas caminhadas porque o meu cão estava um bocado gordo. Não é que ele concorde mas, em todo o caso, mesmo com os seus 13 anos, não deixou de achar uma certa piada, e pareceu-me que gostou. No princípio, confesso que me chateei um bocado com a ideia de “tempo perdido”. Lá ia com ipod para ouvir música (o cão é surdo, não dá para conversarmos muito…). Até que descobri as maravilhas do itunes, ou seja, o itunes U. A coisa consiste na gravação de aulas que depois são disponibilizadas para download gratuito. É tão fantástico que custa a acreditar, mas vejam no google ou na apple e vão perceber. Desde o Verão passado, já fiz um curso de história da Europa medieval e dois sobre a história da Grécia Antiga (agora estou num sobre Roma). Para quem não quiser cursos completos há também a hipótese dos podcasts. Há para todos os gostos e sobre todos os temas. Claro que a grande maioria de tudo isto é em inglês mas já há alguns conteúdos em português (lembro-me, assim de repente, de umas coisas da Universidade de Coimbra). Mas isso também é bom, serve de treino.

Ora, isto fez com que deixasse de ver os meus passeios com o cão como tempo perdido. Passou a ser um momento do dia em que ia “prás aulas”. E, posto isto, ao ver, durante esses passeios, tanta gente a correr, comecei a pensar que podia fazer o mesmo. Ou seja, aproveitaria ainda melhor o meu tempo - fazer algum exercício e “assistir” às minhas aulas.

Entretanto, o tempo começou a deixar de estar tão bom e o cão passou à versão xixi-casa, sem querer nada com os passeios (mas consegui que ele perdesse uns bons quilos). Por isso, lá tenho ido correr. Muito pouco ao princípio, agora um bocadito mais (corro cerca de 1 hora/10 Km). Durante os primeiros tempos a única coisa que levei no ipod foi música. Ela é importantíssima como forma de me motivar, de me fazer correr mais. Agora, que já gosto muito, mesmo muito, de correr, já posso fazer coisas mais “chatas”. Por isso, já divido a corrida ao meio. Dedico a primeira parte a cursos ou audiolivros (estou a ouvir um sobre Sócrates, da coleção Very Short Introductions, da Universidade de Oxford - muito interessante, mas este não é grátis). A segunda parte, mais exigente em termos físicos, é acompanhada por música. E às vezes passo um bocado para outro mundo.

 

De repente, já percebi que as pessoas não correm só para emagrecer, não correm só para se manterem saudáveis, não correm só porque querem ter umas pernas com bom aspeto. As pessoas também correm porque correr é bom, e isso eu não sabia, nem nunca tinha imaginado. É preciso algum esforço, claro, especialmente no início, mas depois passa a ser um prazer. No meu caso, graças ao facto de poder “ler a correr”, esta atividade conjuga-se na perfeição com aquilo que gosto. E os meus “icoisos” (forma de dizer iphone, ipod, ipad, etc) tiveram um papel determinante. Finalmente, o espaço onde corro. Podem ver na foto. Acredito que tambám faz a diferença.

 

Talvez volte ao tema de vez em quando. Entretanto, este texto serve também para inaugurar a nova secção de links, dedicada a blogs sobre corrida. Experimentem o “Corre como uma menina” que, para além de ser bom para iniciantes, é bastante divertido de ler.

 

E tenho que ter mais atenção a atualizar e enriquecer os links. Há por aí muitos e bons blogs que leio mas não partilho… Enfim, consequências de utilizar o Google Reader (que, já agora, é a melhor forma de ler e gerir blogs).

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

De numadeletra a 23.01.2013 às 21:30

Esta tua interessante faceta tem muito de Murakamiano... e isso só pode ser bom, muito bom :-)

De Vespinha a 23.01.2013 às 22:47

Grande descoberta, parece-me mesmo muito bem!

De Rute a 24.01.2013 às 00:50

Olá! Também descobri isso dos podcasts há uns meses e é magnifico. Aliás, a mim até me distrai mais do que a música e era capaz de correr horas a ouvir o Pride and Prejudice (Austen is a guilty pleasure :p)
Parece-me uma boa zona essa, para correr... ;)

Boas corridas, que te estão a fazer bem ao corpo e ao estudo!

PS: Obrigada! :)

Comentar post



calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Tags

mais tags